Dólar opera estável após divulgação do PIB do 1º trimestre

Às 10:34, o dólar operava estável, a 3,9760 reais na venda.

São Paulo — O dólar tem leves variações ante o real nesta quinta-feira, com investidores digerindo a contração da economia brasileira no 1º trimestre do ano e trazendo no radar o PIB dos Estados Unidos e desdobramentos da disputa comercial entre EUA e China.

Na véspera, a divisa norte-americana fechou em baixa de 1,20%, a 3,9761 reais na venda, encerrando abaixo dos 4 reais pela primeira vez em duas semanas.

O dólar futuro rondava a estabilidade neste pregão.

“O destaque do PIB desse 1º trimestre foi os investimentos, que caíram quase 2% no 1º trimestre ante o trimestre anterior. Isso, na minha opinião, está muito em linha com a confiança dos empresários”, explicou Fernanda.

No exterior, o dólar era fortalecido pela divulgação do PIB norte-americano, que mostrou crescimento de 3,1% da economia no 1º trimestre, em linha com a expectativa.

Embora tenha sido ligeiramente revisado para baixo em relação ao informado antes, o resultado do PIB dos EUA reforça o diagnóstico de que a economia norte-americana segue punjante, avaliou Fernanda, acrescentando que, em sua opinião, isso inclusive eleva o poder de barganha do presidente norte-americano, Donald Trump, no âmbito da disputa comercial com a China.

Nesta quinta-feira, Trump voltou a dizer que os EUA estão indo bem com a China e que os chineses gostariam de fazer um acordo comercial.

A prolongada disputa comercial entre as duas maiores economias do mundo, no entanto, ainda permanece nas preocupações de agentes financeiros e limitava ganhos de ativos emergentes.

O BC realiza nesta sessão leilão de até 5,05 mil swaps cambiais tradicionais, correspondentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de julho, no total de 10,089 bilhões de dólares.

FONTE: Exame

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!